Sistema Solar

Sistema Solar

       A primeira  geração de estrelas  re-iluminaram o universo e  aglutinaram-se em galáxias. Com elevadas temperaturas, as estrelas passaram a se fundir (derreter). As grandes estrelas formaram o oxigênio, e  as  médias formaram  o carbono  e o  nitrogênio. Elementos  químicos já estavam presentes no universo e a formação da água acontecia.

       Há 4,56 bilhões de anos, na periferia da galáxia da Via Láctea, uma nuvem de gás e poeira condensou-se, formando uma pequena estrela, o Sol,  rodeado de planetas. Entre eles, o planeta rochoso situado na zona de água líquida,  a Terra.                                                                                             O Sistema Solar é o conjunto de planetas, asteróides, satélites, cometas, meteoritos e poeira cósmica que gravitam (fazem a órbita, giro) em redor do Sol.  

 

                                                                                                                    Os planetas são: Mercúrio,Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão.

       Algumas características dos planetas:

Mercúrio

       É o planeta mais próximo do Sol. Dá uma volta ao redor do Sol a cada  88 dias, a uma velocidade de mais de 170.000 quilômetros por hora, mais

rápido do que  qualquer outro planeta, é o segundo menor planeta do Sistema Solar. E a sua temperatura pode chegar a 467 graus durante o dia e à noite, pode atingir 183 graus negativos,  porque não há atmosfera (camada de gases) ao seu redor.

Vênus

       É o planeta mais quente do Sistema Solar. Coberto por uma densa atmosfera, ocorre o fenômeno "efeito estufa", já que os gases da atmosfera de Vênus não deixam o calor sair.

Marte

       Possui duas luas e uma camada de gelo nos seus pólos, Apresenta vulcões extintos, vales, montanhas, planaltos e  estações do ano. O Monte Olimpo é o maior vulcão conhecido do Sistema Solar, com três vezes a altura do Everest.

       Planeta rochoso, com ventos velozes e há a formação de nuvens.

Terra

       Um planeta rochoso e devido as suas condições naturais, há vida no planeta.

 

Júpiter

      O maior planeta do Sistema Solar possui 63 luas  e anéis.

      Júpiter não tem uma superfície bem definida: é feito de gases, que  vão ficando líquidos à medida  que nos aproximamos  do seu interior, e, no centro do planeta, há um pequeno núcleo rochoso. A  pressão  atmosférica (peso dos gases que formam a camada de ar que envolve o planeta)

é muito maior do que na Terra.

Saturno

       O segundo maior planeta do Sistema Solar é famoso por seus anéis, estes  formados por bilhões de pedaços de gelo, rocha e poeira. O planeta possui 47 luas, sua superfície não é sólida, pois é feito de gás. Os seus ventos atingem a velocidade de 1.800 km por hora. Na Terra, o vento   mais forte, de furacão, chega a somente 500 km por hora.

Urano

       Planeta com anéis, embora diferentes dos de Júpiter e Saturno. Tem 29 luas.

Netuno

       O planeta tem vários anéis, 13 luas e ventos muito velozes.

Plutão

       Grande parte dos astrônomos pensa que Plutão não deveria ser considerado um planeta, devido a sua  grande diferença em relação aos oito

planetas do Sistema Solar.

       Plutão é muito menor do que os demais planetas do Sistema Solar, perdendo até para a lua da Terra. Além disso, possui  características que nenhum outro planeta tem. É o único que possui um satélite  com quase o  seu tamanho  e que tem  uma órbita bastante  ovalada - a  dos  outros planetas é quase circular. É sólido, como Mercúrio,Vênus, Terra e Marte, enquanto Júpiter, Saturno, Urano e Netuno, seus vizinhos mais próximos, são formados por gases.

       É importante ressaltar que os únicos astros que possuem  luz própria  são as estrelas.