Agentes externos

Agentes externos

       Os agentes externos ou erosivos atuam na superfície modificando as formas preexistentes, ou seja, são transformadores  do relevo terrestre,como a  seguir:

  • Rios: a erosão causada pelos rios é chamada de erosão fluvial.Os rios atuam no desgaste das rochas e dos solos, no transporte do material desgastado e na deposição desses materiais em regiões mais próximas  ao local onde o rio deságua.

            Ao retirar a vegetação das margens dos rios (matas ciliares), o ser humano contribui para o aumento da erosão  fluvial, pois, no período em que o nível das águas dos rios sobe, o solo de suas margens fica mais exposto à ação das chuvas e é carregado  pelas  águas, provocando  o  alagamento das margens e assoreamento. Entre outras consequências, temos o problema  das enchentes, resultado do acúmulo de materais no leito dos rios,deixando-os mais raso.

  • Mar: É um importante agente transformador das paisagens costeiras, atuando na modificação do relevo do litoral.

             Os sedimentos transportados e depositados pelos mares acumulam-se e formam praias, restingas e tômbolos.

             O abrasão ocorre quando as ondas choca-se contra as paredes rochosas, desgastando-as. Esse desgaste provocado pelo atrito dá origem às falésias ou costões.                                     

  • Chuvas: As águas pluviais constituem um importante agente erosivo. Em  áreas  desprovidas de  vegetação,  onde o solo é  mais  facilmente carregado, o aumento do processo erosivo pode acarretar  deslizamentos,  formação   de  crateras  e perda dos nutrientes  naturais  do solo, tornando-o impróprio para a agricultura e a pecuária.

            As chuvas fortes ocasionam  a formação de torrentes (cursos de água rápidos e temporários com grande poder erosivo), pois transportam,  em pouco tempo, muitos sedimentos.

  • Gelo: A erosão ou acumulação glaciária  ocorre nas regiões polares, nas áreas montanhosas mais elevadas, onde há acúmulo de neve. Mas, atualmente, também tem ocorrido na estação do inverno, em regiões (principalmente no interior dos continentes) da América do Norte, Europa e Ásia.

             A água retida nas fendas das rochas congela e exerce forte pressão. Com o tempo, essa pressão do gelo e degelo irá fragmentar as rochas.E quando a geleira desliza por causa da declividade do terreno, leva consigo os fragmentos rochosos e parte  do  terreno,  escavando  vales glaciários. Os sedimentos levados com o gelo se acumulam e formam as chamadas 'morainas ou morenas', que são a acumulação glaciária.

 

Foto: Sibéria (Ásia), com temperatura  de -35ºC e neve espessa. Fonte: Jornal Nacional, fevereiro de 2012.

 

  • Ventos: Exercem influência no relevo, pois transportam sedimentos que, ao atingir rochas, podem desgastá-las. Os ventos também transportam a areia solta e mais fina, formando dunas em regiões litorâneas e nos desertos. Para formar as dunas, é necessário um obstáculo qualquer para que o vento deposite ali os grãos de areia.

Deserto da Namíbia.

  • Homem: É um agente modificador do relevo, pois interage  nos ecossistemas  do  planeta há milhares de anos, desenvolvendo novas técnicas, tanto no ramo das construções quanto na extração de minério, entre outras.

 

Áreas aterradas na Urca, RJ.

NOTA: Mais fotos em geo-aqui.blogspot.com.br/Agentes externos